O que é Bitrate?

Sample_1_Screenshot

 

Bitrate ou Bit rate ou Bitrrate, significa taxa de bits ou taxa de transferência de bits, onde o bit é quem dá a qualidade do vídeo ou do áudio. No caso do áudio, acima de 128 bits é de boa qualidade, e abaixo disto é de ruim qualidade. Para ver melhor ou saber melho, clique com o direito do mouse em cima de uma musica e vá na opção propriedades, e depois em detalhes, e verá todos os detalhes do audio ou vídeo:

ScreenHunter_04 Oct. 23 13.24

 

wlrangel-bitrate

Nas telecomunicações e na computação, o bit rate (às vezes escrito como bitrate) é o número de bits convertidos ou processados por unidade de tempo. O bit rate é medido em ‘bits por segundo’ (bps ou b/s), muitas vezes utilizado em conjunto com um prefixo SI , como kbps, Mbps, Gbps, etc., de acordo com o seguinte:

  • 1.000 bps = 1 kbps (1 kilobit ou mil bits por segundo)
  • 1.000.000 bps = 1 Mbps (1 megabit ou 1 milhão de bits por segundo)
  • 1.000.000.000 bps = 1 Gbps (1 gigabit ou um bilhão de bits por segundo)

Utilizando o exemplo de um arquivo em MP3, fica fácil entender a importância que a quantidade de kbit/s tem para a qualidade de áudio de uma música. Quando convertemos músicas de CDs para MP3, são jogadas fora certas frequências que teoricamente o ouvido humano é incapaz de ouvir.

Isso diminui o tamanho do arquivo original, possibilitando que você guarde estes arquivos de maneira prática, sem ocupar grande espaço no disco rígido. Isso tudo, é claro, a custa de qualidade sonora. A escolha de uma determinada taxa de kbit/s é o que vai determinar o quanto de qualidade é perdida durante a conversão. Quanto maior a taxa, menor será a perda.

Taxa variável de bitrates favorece a aparição de artefatos

tecmundo.com.br

 

Existem dois modos pelos quais as quantidades de bitrates podem ser utilizadas em um arquivo: de forma constante ou variável. A maior diferença é que no Constant Bitrate (CBR) a qualidade permanece a mesma durante toda a duração do áudio ou vídeo. Já no Variable Bitrate (VBR), o valor diminui em partes mais calmas, que precisam de menos informações, e aumenta em trechos que precisem de uma maior quantidade de dados. Por exemplo, em uma música: na parte mais agitada, o bitrate sobe, e nas partes com silêncio, cai.

Em teoria, a vantagem é do VBR, mas na prática a qualidade dos arquivos em CBR tende a ser maior. Isso se deve principalmente aos programas de codificação, que em sua maioria não lidam bem com mudanças bruscas de bitrate. Por isso, é muito mais comum um arquivo em VBR apresentar ruídos do que um em CBR.

Baixar no baixaki:

DVD Bit Rate Viewer 1.4

Anúncios
Esse post foi publicado em Tira Dúvidas. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s